domingo, 13 de outubro de 2019

Certo?


10 comentários:

  1. E báu!

    Mas fora da brincadeira. Eu vou, eu gasto, eu adoro comercio local, especialmente aquele onde me tratam pelo nome, me recebem com um sorriso e agradecem a minha visita, de viva voz e alegria no tosto. Na verdade eu gosto é de gente com alma.

    Boa noite, sô Repórter

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Onde o atendimento é personalizado. Lá está, tratam pelo nome, sorriem, saúdam.
      Sentimo-nos bem e saímos agradados.

      Bom dia de segunda, dona no.

      P.S. - já chove!

      Eliminar
  2. Então estou a comprar no sitio certo!

    Beijo. Tudo de bom para si!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, sem dúvida. Eu faço o mesmo, tanto quanto possível.

      Beijo, boa semana, tudo de bom.

      Eliminar
  3. Pequeno comércio que por aqui por Macau vai definhando todos os dias.
    Aquele abraço, boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As grandes superfícies ditam leis.

      Seja bem regressado, Pedro.
      Um abraço, boa semana.

      Eliminar
  4. Compro o que preciso no hiper, mas carne, peixe e fruta é sempre no local embora muitos que fecharam não abriram mais.

    Beijocas e um bom dia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente, o comércio local não tem tudo o que precisamos. Não podem concorrer com as grandes superfícies. Os que fecham já não abrem, o que é uma pena.

      Boa semana, beijocas.

      Eliminar
  5. Habituei-me às mercearias, talhos e padarias desde o tempo dos calções que não me chegavam aos joelhos.
    Depois vieram outras ideias e em pouco tempo os Hipers e os CComerciais floresceram que nem as azedas na beira dos caminhos (há quem prefira dizer "cogumelos em chãos húmidos"; é um estilo como qq outro).
    Perderam-se as familiaridades entre os clientes e os vendedores e hoje (quase) ninguém conhece ninguém. Dizem ser um sinal dos tempos... Pois que seja mas... socialmente alguém lucrou?
    1 abraço pah.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exactamente, meu caro.
      Mais uma ideia que importamos e cá está ela a crescer sem critério.
      Um abraço

      Eliminar